Registe-se aqui
Esqueceu-se da password?
Formações

Relatórios de Auditoria
LISBOA
2017-10-23
9:00

C C.  Formação de Especialização    
C1 Relatórios de Auditoria Lisboa 23/out
C2 Amostragem para Auditoria Lisboa 15 e 16 maio
C3 Fraude e Auditoria Interna Lisboa 08 e 09 maio
C4 Auditoria e Sistemas de Corporate Risk Management Lisboa 09 e 10 fevereiro
C5 Gestão do Risco Lisboa 3 e 4 julho
C6 Controlo Interno Lisboa 19/mai
C7 Contabilidade para Auditores Internos Lisboa 06 e 07 abril
C8 Auditoria Operacional: Auditar Investimentos Corporativos em Projetos Sociais Lisboa/Coimbra 10 julho/6 dezembro
C9 Programas de Trabalho em Auditoria Operacional Lisboa/Coimbra 23 novembro/11 dezembro
C10 Metodologias Quantitativas para Auditoria Lisboa 21/abr




Formação:Workshops Práticos para Auditores de Sistemas de Informação – Auditoria aos Controlos Aplicacionais CPE: 7
LISBOA
2017-10-26
9:30

Formação:Workshops Práticos para Auditores de Sistemas de Informação – Auditoria aos Controlos Aplicacionais     CPE: 7

Data de realização: quinta-feira, 26 de outubro de 2017 a quinta-feira, 26 de outubro de 2017- 7 Horas





Formação:Workshops Práticos para Auditores de Sistemas de Informação – Auditoria às Redes Sociais CPE: 7
LISBOA
2017-10-27
9:30

Formação:Workshops Práticos para Auditores de Sistemas de Informação – Auditoria às Redes Sociais    CPE: 7

Formador: Bruno Marques    Data de realização: sexta-feira, 27 de outubro de 2017 a sexta-feira, 27 de outubro de 2017- 7 Horas





Auditoria de Empreitadas de Obras Públicas
Lisboa 30 e 31 outubro
2017-10-30
9:00

G G.   Formação para Auditores do Setor Público e certificação CGAP    
G1 Auditoria de Instituições Públicas – Preparação para o Exame CGAP Lisboa 20 e 21 novembro
G2 Auditoria de Empreitadas de Obras Públicas Lisboa 30 e 31 outubro
G3 Auditoria Interna na Saúde Lisboa 06 e 07 julho




Formação:Auditoria Operacional: Auditar Investimentos Corporativos em Projetos Sociais
2017-11-02
9:00

Formação:Auditoria Operacional: Auditar Investimentos Corporativos em Projetos Sociais   CPE: 8

Formador: Joaquim Leite Pinheiro Mestre em Economia Social; autor do livro “Auditoria Interna – Auditoria Operacional – Manual para Auditores Internos – 3ª Edição Rei dos Livros (2014)”; Ex-Diretor da Auditoria Operacional e de Sistemas de Informação da PT Comunicações; Formador Certificado (CCP); Membro da Direção do IPAI e Diretor da Revista Auditoria Interna; Pós-graduação em Auditoria Financeira; Bacharelato em Contabilidade e Administração.

Data de realização: quinta-feira, 2 de novembro de 2017  8 Horas

Local da formação: LISBOA    MORADA:  A.I.P. – Associação Industrial Portuguesa- Praça das Indústrias, 1301 - 918 Lisboa (ACESSOS CARRIS: 756 | 201 | 714 | 727 | 732 | 751 | 15E)         ESTACIONAMENTO GRATUITO  Telefone IPAI    213151002 | 915168117

HORÁRIO: 9:00-13:00; 14:00-18:00

OBJETIVOS No final da ação, o formando deverá: Perceber as ferramentas de controlo dos investimentos sociais: London Benchmark Group Model (LBG Model) e Social Return on Investment (SROI); Conhecer os principais requisitos do LBG Model; Conhecer os principais requisitos do SROI; Perceber e reconhecer as principais fases dos modelos descrito; Identificar os principais riscos e controlos associados a investimentos socias realizados por empresas sem fins lucrativos; Elaborar um programa de trabalho de auditoria a projetos de investimentos sociais; Saber elaborar o relatório de uma ação de auditoria a investimentos sociais; Identificar a forma de elaborar relatórios de auditoria relacionados com projetos de investimentos sociais; Conhecer os principais requisitos na elaboração de relatórios de auditoria: normas Global Report Iniciative (GRI).

CONTEÚDOS: 1..Introdução: conceito de mecenato, filantropia, 2. Ferramenta London Benchmark Group Model (LBG Model), 3. Ferramenta Social Return on Investment (SROI), 4. Principais fases comuns aos dois modelos, 5. Outras ferramentas de controlo dos investimentos sociais, 6. Conceito de valor partilhado - Porter e Kramer, 7. Riscos e controlos associados a investimentos socias realizados por empresas sem fins lucrativos, 8. Programa de trabalho de auditoria a projetos de investimentos socias, 9. Q&A, 10. Programa de trabalho de auditoria a projetos de investimentos socias Relatórios de auditoria relacionados com projetos de investimentos sociais; 11. Requisitos na elaboração de relatórios de auditoria: normas Global Report Iniciative (GRI); 12. Check list de tarefas da ferramenta SROI; 13. Apuramento do rácio SROI; 14. Caso prático de investimento social e apuramento de indicadores; 15. Divulgação da atividade aos stakeholders; 16. Empresas portuguesas que utilizam a ferramenta LBG; 17. Q&A





GESTÃO DO TEMPO E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO
LISBOA
2017-11-02
9:00

1º DIA
GESTÃO DO TEMPO E ORGANIZAÇÃO DO TRABALHO
Formação: 14
FORMADOR: Filipa Oliveira Licenciada em Psicologia Social e das Organizações (ISCTE).
Participou no Programa Avançado para Executivos em Gestão de Recursos Humanos (Universidade Católica). Foi
consultora e formadora na CEGOC, Departamento de Formação Comercial – Marketing e Vendas. Foi formadora
na Forcerebrus, consultora na Deloitte (área de Consultoria de Human Capital) e consultora da TMI - Trade
Medical Institute Portugal. Foi responsável da área de formação da PKF e, atualmente, Managing Partner da Time
Place Consulting. Está certificada como CPC (Certified Practitioner Coach) e como utilizadora do questionário
DISC. Frequentou a certificação internacional em PNL (Programação Neuro Linguística).
DATA DE REALIZAÇÃO: quinta-feira, 2 de novembro de 2017 a sexta-feira, 3 de novembro de 2017- 14
Horas
LOCAL DA FORMAÇÃO: LISBOA MORADA: A.I.P. – Associação Industrial Portuguesa- Praça das Indústrias,
1301 - 918 Lisboa (ACESSOS CARRIS: 756 | 201 | 714 | 727 | 732 | 751 | 15E) ESTACIONAMENTO GRATUITO
Telefone IPAI 213151002 | 915168117
HORÁRIO: 9:00-13:00; 14:00-17:00
OBJETIVOS No final da ação, o formando deverá: Saber direcionar o comportamento para resultados mais eficazes,
mantendo uma visão geral e uma estratégia definida; Reforçar a noção de que é mais importante qualidade de tempo do que
quantidade de tempo antes, durante e após o processo de auditoria interna; Estar sensibilizado para a melhoria da
concretização de planos e estratégias de acordo com os recursos disponíveis; Reconhecer situações de conflito e de ineficácia
devido à gestão desajustada do tempo e das equipas e definir planos de melhoria; Estruturar planos de ação após o
conhecimento do perfil do DiSC, quer na realização das tarefas, como na interação com os restantes intervenientes da
auditoria interna e da organização.
Nota: Na comunicação interpessoal é muito importante conhecer o seu próprio perfil e identificar o dos interlocutores
(colaboradores e auditados). Neste sentido será solicitado o preenchimento do questionário DiSC, para quem não o tenha
feito no período anterior a 9 meses, que assenta num modelo que é utilizado de forma transversal nas diferentes formações
comportamentais.
CONTEÚDOS: 1– A gestão de tempo e a auditoria interna na atualidade; 2 – A organização e o planeamento em auditoria
interna; 3 – O conhecimento do cérebro como recurso eficaz para atingir resultados; 4- Delegação: ferramenta importante
em auditoria interna.




Gestão do Tempo e Organização do trabalho
LISBOA
2017-11-03
9:00

2º DIA
Formação: 14
FORMADOR: Filipa Oliveira Licenciada em Psicologia Social e das Organizações (ISCTE).
Participou no Programa Avançado para Executivos em Gestão de Recursos Humanos (Universidade Católica). Foi
consultora e formadora na CEGOC, Departamento de Formação Comercial – Marketing e Vendas. Foi formadora
na Forcerebrus, consultora na Deloitte (área de Consultoria de Human Capital) e consultora da TMI - Trade
Medical Institute Portugal. Foi responsável da área de formação da PKF e, atualmente, Managing Partner da Time
Place Consulting. Está certificada como CPC (Certified Practitioner Coach) e como utilizadora do questionário
DISC. Frequentou a certificação internacional em PNL (Programação Neuro Linguística).
DATA DE REALIZAÇÃO: quinta-feira, 2 de novembro de 2017 a sexta-feira, 3 de novembro de 2017- 14
Horas
LOCAL DA FORMAÇÃO: LISBOA MORADA: A.I.P. – Associação Industrial Portuguesa- Praça das Indústrias,
1301 - 918 Lisboa (ACESSOS CARRIS: 756 | 201 | 714 | 727 | 732 | 751 | 15E) ESTACIONAMENTO GRATUITO
Telefone IPAI 213151002 | 915168117
HORÁRIO: 9:00-13:00; 14:00-17:00
OBJETIVOS No final da ação, o formando deverá: Saber direcionar o comportamento para resultados mais eficazes,
mantendo uma visão geral e uma estratégia definida; Reforçar a noção de que é mais importante qualidade de tempo do que
quantidade de tempo antes, durante e após o processo de auditoria interna; Estar sensibilizado para a melhoria da
concretização de planos e estratégias de acordo com os recursos disponíveis; Reconhecer situações de conflito e de ineficácia
devido à gestão desajustada do tempo e das equipas e definir planos de melhoria; Estruturar planos de ação após o
conhecimento do perfil do DiSC, quer na realização das tarefas, como na interação com os restantes intervenientes da
auditoria interna e da organização.
Nota: Na comunicação interpessoal é muito importante conhecer o seu próprio perfil e identificar o dos interlocutores
(colaboradores e auditados). Neste sentido será solicitado o preenchimento do questionário DiSC, para quem não o tenha
feito no período anterior a 9 meses, que assenta num modelo que é utilizado de forma transversal nas diferentes formações
comportamentais.
CONTEÚDOS: 1– A gestão de tempo e a auditoria interna na atualidade; 2 – A organização e o planeamento em auditoria
interna; 3 – O conhecimento do cérebro como recurso eficaz para atingir resultados; 4- Delegação: ferramenta importante
em auditoria interna.
DESTINATÁRIOS: Diretores / Responsáveis de Auditoria Interna; Diretores / Responsáveis de Controlo Interno; Diretores /
Responsáveis de Gestão do Risco; Diretores Financeiros; Controllers; Auditores Internos.
CUSTO DA FORMAÇÃO: ASSOCIADO: 400 € NÃO ASSOCIADO: 500 €
O valor base apresentado está sujeito ao acréscimo de IVA à taxa legal em vigor Inclui um almoço e dois coffee break
por cada dia de formação.




Curso de Cibersegurança dos Sistemas de Informação nas Organizações
LISBOA
2017-11-06
9:00

NOVAS DATAS
O curso de Cibersegurança sofreu uma alteração de data de realização, para os dias 06 e 07 de novembro.

Formador: Pedro Cupertino de Miranda    Licenciado em Engenharia de Sistemas Informáticos pela Universidade do Minho, exerceu durante 6 anos o cargo de Consultor de Segurança Informática na IBM e, durante 10 anos, o cargo de Diretor de Auditoria Informática na SONAE Distribuição. Exerce, atualmente, a responsabilidade pela Direção de Gestão de Risco da SONAE Retalho. Realizou, ainda, atividade de docente na Universidade Católica Portuguesa. Possui um vasto conhecimento sobre técnicas e metodologias de Segurança da Informação, Auditoria Interna e Gestão de Risco, nomeadamente COBIT, ISO 27001, COSO e BS25999. Possui certificações CISA, CRISC, CISM, CRMA, CIRM, ISO 27001 Implementation, BS25999 Lead Auditor. É Vice-Presidente do IPAI e do ISACA Lisbon Chapter.

Data de realização: segunda-feira, 6 de novembro de 2017 a terça-feira, 7 de novembro de 2017- 14 Horas

Local da formação: LISBOA    MORADA:  A.I.P. – Associação Industrial Portuguesa- Praça das Indústrias, 1301 - 918 Lisboa (ACESSOS CARRIS: 756 | 201 | 714 | 727 | 732 | 751 | 15E)         ESTACIONAMENTO GRATUITO  Telefone IPAI    213151002 | 915168117

HORÁRIO: 9:00-13:00; 14:00-17:00

OBJETIVOS No final da ação, o formando deverá: Conhecer o panorama atual dos principais riscos e ameaças associados à Cibersegurança e à Segurança dos Sistemas de Informação; Compreender a relação entre a Gestão de Risco, a Auditoria e a Cibersegurança; Conhecer e implementar um Sistema de Gestão de Segurança (ISMS – Information Security Management System) baseado no Standard Internacional ISO 27001 versão 2013; Conhecer as áreas chave da Cibersegurança e da Segurança dos Sistemas de Informação; Saber desenvolver uma Política/Norma de Segurança de Sistemas de Informação; Saber desenvolver um programa de auditoria baseado no ISO 27001.

CONTEÚDOS: 1. Introdução e conceitos sobre a Cibersegurança e a Segurança dos Sistemas de Informação 2. Caracterização do contexto atual da Cibersegurança e da Segurança dos Sistemas de Informação 3. Principais ameaças, técnicas de intrusão e vulnerabilidades associadas à Cibersegurança Standards Internacionais (ISO 27001, Cobit, ITIL) 4. O processo de gestão de risco aplicado à Cibersegurança e à Segurança dos Sistemas de Informação 5. O processo de gestão de crises (exemplo data breaches, fraude informática, etc.) 6. O Sistema de Gestão da Segurança da Informação (ISMS – ISO 27001) 7. Áreas chave e mecanismos de controlo da Cibersegurança (Modelo de Governo, Classificação da informação, Continuidade do Negócio, Gestão de Acessos, Novo Regulamento de Proteção de Dados e Programas de Awareness) 8. O papel do auditor no contexto da Cibersegurança 9. Desenvolvimento de um programa de auditoria baseado na ISO 27001

DESTINATÁRIOS: Responsáveis: de áreas de Sistemas de Informação; de Segurança dos Sistemas de Informação; de Gestão de Risco; de Auditoria Interna; de Auditoria de Sistemas de Informação.

Custo da formação: ASSOCIADO: 400 €   Não Associado: 500 €

O valor base apresentado está  sujeito ao acréscimo de IVA à taxa legal em vigor   Inclui um almoço e dois coffee break por cada dia de formação.





Eficácia na Comunicação em Auditoria
Lisboa 08/nov
2017-11-08
9:00

E E.   Formação comportamental    
E1 Liderança e Comunicação em Auditoria Interna Lisboa 10 e 11 abril
E2 Gestão do Tempo e Organziação do trabalho Lisboa 23 e 25 março
E3 Gestão de Conflitos Lisboa 28 e 29 setembro
E4 Entrevistas em Auditoria Lisboa 31/mai
E5 Eficácia na Comunicação em Auditoria Lisboa 08/nov




Data Privacy management - O Sistema de Resposta ao RGPD
LISBOA
2017-11-13
9:00

Data Privacy management - O Sistema de Resposta ao RGPD
1º dia
2ª feira


Formação: Data Privacy Management - O Sistema de Resposta ao RGPD –
2ª Edição 
Enquadramento Esta formação tem com objetivo capacitar e melhorar o conhecimento base, princípios e técnicas
de auditoria, com especial foco no tema de Auditing Privacy Risks, perante um novo quadro de exigências e novos
riscos de informação.Neste módulo procura-se em primeiro lugar apresentar o novo quadro de Proteção de Dados
(Regulamentação Geral de Proteção de Dados da União Europeia), a intensificação dos controlos de dados pessoais
e as implicações para as empresas.Por outro lado, a visão do auditor deverá contribuir para a proteção de dados e
para o reforço das práticas de gestão de risco e controlo interno de gestão de informação.
FORMADOR: Bruno Marques Doutorado em Gestão pela Universidade de Aveiro. Mestre em
Gestão pela UCP - Universidade Católica Portuguesa. MBA em Gestão da Informação pela UCP. É consultor de
Gestão e Estratégia de Sistemas de Informação (SI). Foi responsável pelo Núcleo de IT Governance e IT Compliance
em seguradoras nacionais, contemplando, entre outros, os domínios de boas práticas de IT (COBIT, ITIL), Gestão de
Segurança da Informação, Gestãode Risco Operacional de IT e Auditoria de IT. Colabora com a UCP e com a
Academia Militar como docente convidado nas disciplinas de Gestão da Informação, Gestão de Conhecimento,
Gestão da Mudança e Inovação. Tem as certificações CISA, CGEIT (ISACA) e é membro do Institute of Collaborative
Working. É membro da Direção da CIIWA - Competitive Intelligence and Information Warfare Association. Autor do
livro “Colaborar para Vencer – Gerir Parcerias nos seguros”.
DATA DE REALIZAÇÃO: segunda-feira, 13 de novembro de 2017 a terça-feira, 14 de novembro de 2017- 14
Horas
LOCAL DA FORMAÇÃO: LISBOA MORADA: A.I.P. – Associação Industrial Portuguesa- Praça das Indústrias,
1301 - 918 Lisboa (ACESSOS CARRIS: 756 | 201 | 714 | 727 | 732 | 751 | 15E) ESTACIONAMENTO GRATUITO
Telefone IPAI 213151002 | 915168117
HORÁRIO: 9:00-13:00; 14:00-17:00
OBJETIVOS Esta formação tem com objetivo capacitar e melhorar o conhecimento base, princípios e técnicas de auditoria,
com especial foco no tema de Auditing Privacy Risks, perante um novo quadro de exigências e novos riscos de informação.
Neste módulo procura-se em primeiro lugar apresentar o novo quadro de Proteção de Dados (Regulamentação Geral de
Proteção de Dados da União Europeia), a intensificação dos controlos de dados pessoais e as implicações para as empresas.
Por outro lado, a visão do auditor deverá contribuir para a proteção de dados e para o reforço das práticas de gestão de risco
e controlo interno de gestão de informação. Nota: este curso não implica nenhum conhecimento especial em Tecnologias
de Informação.
CONTEÚDOS: Na crescente digitalização da economia existe uma tensão entre a exploração dos dados dos consumidores e a proteção
dados pessoais, nomeadamente a sua segurança e garantia de confidencialidades. Perante o novo quadro legal aplicável (GDPR1) as empresas
devem encontrar novos patamares de segurança e gestão de risco, visando proteger a informação que gerem e reforçar uma cultura de
controlo interno. A visão do auditor deverá ter em conta o novo quadro e assumir um compromisso de contribuir para a proteção de dados.
Assim, temos como objetivos fundamentar: 1. O novo quadro de proteção de dados; 2. O domínio de auditoria, riscos e controlos ;3. Os
controlos que deverão ser intensificados (tecnológicos e não tecnológicos); 4. As responsabilidades associadas às empresas, em cenário
de incidente; 5. As boas práticas aplicáveis a esta matéria (Privacy Management ISO 29100 e o referencial GTAG2); 6. As boas práticas de
Segurança de Informação (ISO 27001); 7. Definir a contribuição do Auditor na gestão do risco e reforço dos controlos.
DESTINATÁRIOS: Auditores Internos e Externos; Revisores Oficiais de Contas Profissionais com responsabilidades nas áreas
de Sistemas de Informação; Profissionais com responsabilidades nas áreas de Compliance, Risco e Legal .
CUSTO DA FORMAÇÃO: ASSOCIADO: 400 € NÃO ASSOCIADO: 500 €
O valor base apresentado está sujeito ao acréscimo de IVA à taxa legal em vigor Inclui um almoço e dois coffee break por
cada dia de formação




Data Privacy management - O Sistema de Resposta ao RGPD
LISBOA
2017-11-14
9:00

Data Privacy management - O Sistema de Resposta ao RGPD
2º DIA
3ª FEIRA






Auditoria de Instituições Públicas – Preparação para o Exame CGAP
Lisboa 20 e 21 novembro
2017-11-20
9:00

G G.   Formação para Auditores do Setor Público e certificação CGAP    
G1 Auditoria de Instituições Públicas – Preparação para o Exame CGAP Lisboa 20 e 21 novembro
G2 Auditoria de Empreitadas de Obras Públicas Lisboa 30 e 31 outubro
G3 Auditoria Interna na Saúde Lisboa 06 e 07 julho




Formação:Programas de Trabalho em Auditoria Operacional CPE: 8
LISBOA
2017-11-23
9:00

Formação:Programas de Trabalho em Auditoria Operacional  CPE: 8

Formador: Joaquim Leite Pinheiro Mestre em Economia Social; autor do livro “Auditoria Interna – Auditoria Operacional – Manual para Auditores Internos – 3ª Edição Rei dos Livros (2014)”; Ex-Diretor da Auditoria Operacional e de Sistemas de Informação da PT Comunicações; Formador Certificado (CCP); Membro da Direção do IPAI e Diretor da Revista Auditoria Interna; Pós-graduação em Auditoria Financeira; Bacharelato em Contabilidade e Administração.

Data de realização: quinta-feira, 23 de novembro de 2017  8 Horas

Local da formação: LISBOA    MORADA:  A.I.P. – Associação Industrial Portuguesa- Praça das Indústrias, 1301 - 918 Lisboa (ACESSOS CARRIS: 756 | 201 | 714 | 727 | 732 | 751 | 15E)         ESTACIONAMENTO GRATUITO  Telefone IPAI    213151002 | 915168117

HORÁRIO: 9:00-13:00; 14:00-18:00

OBJETIVOS No final da ação, o formando deverá: Proporcionar formação sobre a elaboração e execução de programas de trabalho; Conhecer e saber aplicar as normas profissionais relacionadas com programas de trabalho; Proporcionar elementos para identificar os principais riscos e processos; Proporcionar conhecimentos para efetuar o diagnóstico preliminar dos processos e riscos; Proporcionar a elaboração do CASO 1; Saber escrever um programa de trabalho; Proporcionar conhecimentos de programas de trabalho (auditoria operacional).

CONTEÚDOS: 1. Conceitos fundamentais de auditoria interna 2. Passos para elaborar um programa Normas aplicáveis 3. Diagnóstico preliminar 4. Execução de um programa de trabalho 5. Supervisão do programa de trabalho 6. Comunicar com sucesso 7. Conclusões e planos de ações 8. Exemplos de programas de trabalho 9. Caso prático: desenhar um programa de trabalho.

DESTINATÁRIOS:Auditores Internos e Externos e Revisores Oficiais de Contas

Custo da formação: ASSOCIADO: 200 €   Não Associado: 250

O valor base apresentado está  sujeito ao acréscimo de IVA à taxa legal em vigor   Inclui um almoço e dois coffee break por cada dia de formação.





Auditoria de Sistemas e tecnologias de Informação-nível avançado e workshop
Lisboa 27 a 30 novembro
2017-11-27
9:30

27 a 30 de Novembro 2017  
BRUNO MARQUES





Auditar Investimentos Corporativos em Projetos Sociais
Coimbra 6 dezembro
2017-12-06
9:00

C C.  Formação de Especialização    
C1 Relatórios de Auditoria Lisboa 23/out
C2 Amostragem para Auditoria Lisboa 15 e 16 maio
C3 Fraude e Auditoria Interna Lisboa 08 e 09 maio
C4 Auditoria e Sistemas de Corporate Risk Management Lisboa 09 e 10 fevereiro
C5 Gestão do Risco Lisboa 3 e 4 julho
C6 Controlo Interno Lisboa 19/mai
C7 Contabilidade para Auditores Internos Lisboa 06 e 07 abril
C8 Auditoria Operacional: Auditar Investimentos Corporativos em Projetos Sociais Lisboa/Coimbra 10 julho/6 dezembro
C9 Programas de Trabalho em Auditoria Operacional Lisboa/Coimbra 23 novembro/11 dezembro
C10 Metodologias Quantitativas para Auditoria Lisboa 21/abr




Programas de Trabalho em Auditoria Operacional
Coimbra 4ªFEIRA
2017-12-13
9:00

C C.  Formação de Especialização    
C1 Relatórios de Auditoria Lisboa 23/out
C2 Amostragem para Auditoria Lisboa 15 e 16 maio
C3 Fraude e Auditoria Interna Lisboa 08 e 09 maio
C4 Auditoria e Sistemas de Corporate Risk Management Lisboa 09 e 10 fevereiro
C5 Gestão do Risco Lisboa 3 e 4 julho
C6 Controlo Interno Lisboa 19/mai
C7 Contabilidade para Auditores Internos Lisboa 06 e 07 abril
C8 Auditoria Operacional: Auditar Investimentos Corporativos em Projetos Sociais Lisboa/Coimbra 10 julho/6 dezembro
C9 Programas de Trabalho em Auditoria Operacional Lisboa/Coimbra 23 novembro/13dezembro
C10 Metodologias Quantitativas para Auditoria Lisboa 21/abr




Outubro  2017
D S T Q Q S S
seara